Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos



 
Terna é a morte
Quando chama anjos
De volta aos braços do Pai
Mesmo que nos pareça atroz
Deus sabe aquilo que faz
 
Anjos de luz retornam
Ao paraíso para velar
As almas que aqui ficam
Inconsoláveis a chorar
 
É preciso entender os desígnios
Da hora chegada, já prevista,
A missão de vida, na terra temporária,
É necessária, mas é preciso saber,
Que chegamos com visto de partida.
 
O trem da vida chega e parte
Em cada estação, uma lição de vida,
E quando o sino toca, reza e chora,
É a hora da despedida.
 
Campinas/30/01/2013
 
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 18/04/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras