Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos



 
Eu sou um banco,
Branco e vazio
A espera de quem nunca vi...
 
Vivo solitário a beira do campanário
Sonhando com a poesia azul, com o beijo azul,
Com o laço do abraço,
Com o que é eterno... O amor...
 
Sou um banco vazio,
À sombra do jacarandá descanso,
E quando os sinos tocam anunciando a Ave Maria
Adormeço na esperança...
 
Campinas/20/4/2013
www.coletaneadosaber.net
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 02/05/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras