Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos

Neste dia 14 de agosto, a minha homenagem a todos os pais que por alguma razão perderam seus filhos, mas que nunca deixaram de ser Pai...
 
Ser Pai
Augusta Schimidt
 
Ser Pai é promessa de vida sempre,
É vencer a morte... Dar rumo ao norte
Ser Pai é ser terra fecunda
De onde brota a mais bela flor.
 
Ser Pai é compromisso profundo
É abrir as portas do mundo
Para que seu filho possa passar... Crescer...
 
Ser Pai e ser presente
Mesmo quando o filho ausente
Torna sua vida diferente...
 
Ser Pai é vencer o cansaço
É tolerar o intolerável
É saber esperar...
 
Ser Pai é saber conjugar, todas as formas do verbo Amar.
 
Pai,
Perdoa-me pelas vezes que estive ao seu lado, mas não ouvi o que dizia...
Perdoa-me pela pouca paciência e pela grande ausência.
Perdoa-me por ignorar o seu cansaço
Por recusar o seu braço
Por minha insensibilidade diante de sua dor...
Perdoa-me por recusar sua presença nas horas importantes
Pelo abraço agradecido que não lhe dei
Pelo carinho que não fiz...
Perdoa-me por nunca tê-lo entendido e ter julgado
Por não ter reconhecido que me amava...
Pai, eu te amo... Abençoa-me...
 
 
 
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 12/08/2011


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras