Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos

A bruxa
Que mulher mais esquisita
Avistei do meu jardim
Toda vestida de preto,
Chapéu roxo e cachecol
Voava numa vassoura
E parecia estar perto do sol.

De repente ela sumia
E atrás das nuvens se escondia,
Sua feiúra era tanta
Que a nuvem muito assustada
Corria...corria...corria.

A mulher era uma bruxa
Não sei se boa ou má
Só sei que era muito feia,
Feia mesmo, de assustar
Fiquei com muito medo
Que viesse me buscar.

Pedi ajuda ao vento
Que forte se pôs a soprar
Levando a bruxa pra longe
Do outro lado do mar.
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 07/07/2005
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras