Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos


Do cenário da vida, os sonhos...


Do cenário desta vida, fiz meus sonhos de esperança...
Sonho de poder ver o mundo irrigado por caudalosos rios de recordações, escoando preguiçosamente nossos momentos de alegria, onde as cordilheiras de emoções, não sejam apenas um marco divisório, mas elos que unem os povos num só desejo de fraterna convivência.
Neste sonho vejo lagos de águas cristalina, espelhando os corações dos homens, verdes mares sem turbulências acolhendo a navegação de nossas esperanças e o azul do céu induzindo-nos a vivermos com justiça e paz. As planícies, onde os dourados trigais repousam, são o alento dos que têm fome.
As alvas flores dos pés de algodão, não são apenas matéria-prima para as vestes, mas imensas toalhas brancas para o banquete de nossas ilusões e o solo, forte potencial de preciosos minerais, provocando a disputa pela busca da riqueza espiritual e da paz.
Ah! Neste meu sonho, vejo também as cavernas, escuras, parecidas com grandes prisões e nelas o confinamento dos nossos demônios, maldades e omissões para que nunca se espalhem pelo cenário da vida.
Também vejo um sol majestoso como a união corpo e alma, irradiando calor humano a terra.
Neste meu sonho de vida, nas noites escuras, tropeçamos nas tristezas e quando esbarramos nas desilusões, sopramos ao vento para que ele germine o mal na terra árida do nosso egoísmo e não possa florescer nem se multiplicar.
Neste meu sonho de vida, reside a Esperança que derrota a ganância, a fraude, a ambição desenfreada com um vendaval de alegria, camaradagem e quando aquecida com o calor do amor transforma isso tudo em ar puro feito os anjos e reconforta feito uma brisa suave.
Talvez este meu sonho pudesse se tornar realidade se os homens soubessem amar sem limites...
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 18/09/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras