Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos


Doação

Há de chegar o dia em que meu corpo estará inerte e alguém dirá: “a vida acabou...”
E quando isto acontecer, não chame a minha cama de leito de morte, mas de leito de vida, pois viverei na eternidade e através daqueles que puderem ficar com meus órgãos.
Doe minha visão para aquele que nunca viu o sol se pôr, ou o sorriso de uma criança. Quero que meus olhos o façam vibrar de emoção ao ver o amor nos olhos de uma mulher.
Doe meu coração a alguém, cujo próprio coração esteja cansado e seja insuficiente para expressar o amor que o habita.
Doe meus pulmões a quem precisa de ar para realizar seus sonhos.
Os meus rins doe para aquela mulher que depende da máquina para viver e que deseja ardentemente envelhecer ao lado do marido amado.
Doe tudo que for possível, transforme em esperança e vida o sofrimento dos seres humanos.
O que sobrar de mim, que não puder ser doado, queime e deite as cinzas no mar para que elas possam encontrar as mais belas rosas amarelas, símbolo de um grande amor.
Mas se houver alguma coisa para enterrar, que sejam as palavras mal ditas ou os erros que por alguma razão não corrigi.
E quando quiser se lembrar de mim, sorria, faça um gesto de carinho, olhe para um pequenino e lembre-se do quanto eu os amei.
Se assim for, acredite, estarei feliz e viverei para todo o sempre.
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 18/09/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras