Pedacinhos de Mim

Quando estiver só vem me procurar...Ilumina minhas palavras com a luz do seu olhar.

Textos


Natal

É Natal
Luzes cintilantes
Alegria no semblante
Mas e o semelhante?

Quisera eu poder
Transformar cada estrela do céu
Em esperança...Felicidade
A todos que sofrem desigualdade

Quisera eu poder desejar
Que a partir de agora
Os pássaros entoassem
Um suave canto de paz e ventura
E através dessa melodia
O amor e a paz
Se espalhassem pelo universo

Quisera eu poder com meus versos
Fazer com que todos entendessem
Que Sempre é tempo de querer bem
Que Sempre é tempo de amar e dar...

Quisera eu ser um anjo
Para poder transformar
O Sempre de nossas vidas
Num sempre dia de Natal.
Campinas/01/12/2005
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 01/12/2005
Alterado em 01/12/2005
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras